domingo, 21 de junho de 2009

A-braço

Abro os braços,
Abraço.
Corpos entrelaçados.
Laço de sentimentos.
Translúcido pra quem sente,
Siginificante pra quem abre.
Dois virando um.
Corações de lados opostos
Encontrando e sendo encontrado pelo vazio do outro
Respiração acalmada, alívio, olhos cerrados, sentimentos.
Sentimentos num abraço.
Sentimento que abre os braços.
Senti o mesmo em teus braços abraçados aos meus.
15 de junho de 2009, insônia às 02:03.

4 comentários:

Pri. disse...

Amiga, vc voltooou x)
Lindo, uns cortes a la Paulo Leminski.. Adorei!

beijo

Nagy ♥ disse...

Ciba...tbm tenho um blog!
Assim que é maraaaaaaaaa

Carol disse...

óóh que lindo cibaa! abraço desacelera o coração e acalma msm! Lindio seu poema. =D Beijo, xodó!

Rômulo disse...

:)